2018Abril – Dr. Arthur Hoffmann – Lateral A

Uma idosa de 60 anos foi encontrada morta no final da noite desta quarta-feira, dia 08, na Vila Sete de Julho, em Capinzal. Por volta das 23h17 a Polícia Militar foi acionada para se deslocar até a Rua Francisco de Assis Almeida.

A guarnição foi informada que a moradora, Rosina Dalapria, de 60 anos, estava deitada na cama, com ferimentos a região do pescoço. A suspeita é que ela foi agredida na cozinha da casa e arrastada até o quarto. No local estava o namorado de 54 anos, o qual disse aos militares que encontrou a mulher já sem vida.

.

Os policias isolaram a área até a chegada da Polícia Civil e IGP (Instituto Geral de Perícias) de Campos Novos, que realizaram o levantamento de dados e o recolhimento do corpo da mulher que foi encaminhado para o IML de Joaçaba.

Em entrevista ao jornalismo da Rádio Capinzal, a delegada de plantão, Fernanda Gehlen da Silva, revelou que numa analise inicial havia alguns perfurações de faca na região do pescoço, que possivelmente tenha provocado à morte da moradora. Apenas o laudo pericial irá apontar. Inicialmente não tem suspeito do crime.

“Não se tem suspeita de autoria, sendo que a partir das informações que foram colhidas no local estão sendo dados os prosseguimentos as investigações para que possa ser definido se o caso foi um crime patrimonial ou um homicídio. Buscaremos elementos para identificação do autor desse crime violento”, destacou Fernanda.

A reportagem da Rádio Capinzal esteve no local no começo da manhã onde conversou com o namorado da vítima que preferiu de momento não gravar entrevista. Ele informou que passou à tarde com Rosina e a noite, quando retornou, encontrou a mesma sem vida no interior da residência. O casal estava junto há cerca de cinco anos.

Fonte: Rádio Capinzal

Comentários
Compartilhar
Atuando há mais de 20 anos na Comunicação, com experiência em emissoras de rádio e televisão, em 2009 o Jornalista Éder Luiz inicia uma nova forma de trabalho na região Meio-oeste Catarinense, o Jornalismo Digital. Hoje o Portal Éder Luiz é referência em informação com credibilidade, recebe mais de 500 mil visitas por mês e são vistas 1 milhão de páginas. Entre em contato pelo (49) 9 8851-5151 e jornalismo@ederluiz.com.vc.