O Instituto de Estudos de Gênero da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promoveu no período de 30 de julho a 4 de agosto o Seminário Internacional Fazendo Gênero 11, e a 13ª edição Women’s Worlds Congress, que foi realizado pela primeira vez na América do Sul.

O evento reuniu cerca de 8,5 mil pessoas, a maioria mulheres, de todas as partes do mundo, tanto da academia como de movimentos sociais. O encontro mobiliza setores diversos do feminismo, que vêm conquistando espaços nas últimas décadas, promovendo debates, releituras e autocríticas.

.
Cepac – Últimas Notícias

A professora doutora Tânia Nodari, da Área das Ciências das Humanidades da Unoesc, participou das rodas de debates, conferências e também do simpósio temático “O mundo o trabalho feminino: transformações, políticas e resistência”. Na ocasião, ela apresentou a pesquisa “O trabalho feminino no cooperativismo de crédito: um estudo em uma cooperativa de Santa Catarina”. Este trabalho é resultado do Trabalho de Conclusão de Curso da aluna Elaine Tilha, formada em Administração pela Unoesc, e teve como objetivo analisar se os ideais cooperativistas promovem a igualdade de gênero na Cooperativa de Crédito Rural Vale do Rio do Peixe/SC.

Conforme a professora, participar de um evento desta natureza tem um significado especial, porque é um evento internacional onde estão representadas mulheres do mundo todo. A professora destaca que a luta das mulheres para obter igualdade de oportunidades em todas as áreas na sociedade é um desafio constante, e, um congresso como este, proporciona a troca de experiências, aprofundamentos das questões locais e propostas de ações.

O Congresso Mundo de Mulheres é realizado a cada três anos e já ocorreu em Israel, Holanda, Irlanda, Estados Unidos, Costa Rica, Austrália, Noruega, Uganda, Coreia, Espanha, Canadá e Índia, e agora no Brasil. A próxima edição será em Moçambique.

Fonte: Dhébora Santiago/Ascom Unoesc

Jornalista, formada pela Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) e pós-graduada em Marketing Digital e Mídias Sociais. Atua no ramo desde 2011 e possuí experiência também como produtora e repórter de televisão.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here