Acadêmicas do curso de Enfermagem Unoesc são aprovadas em exame de residência

A conquista foi bastante comemorada, pois veio antes mesmo de sua formatura.

, 4.533 visualizações
Por conta de terem sido aprovadas no exame de residência, Luana e Petra, optaram por realizar a colação de grau em gabinete
Por conta de terem sido aprovadas no exame de residência, Luana e Petra, optaram por realizar a colação de grau em gabinete

A conclusão de alguns cursos encerra um ciclo de aprendizagem ao mesmo tempo que indicam que o profissional tem outros desafios pela frente. É o caso das acadêmicas do curso de Enfermagem da Unoesc Joaçaba, Luana Turra, aprovada em duas Residências Multiprofissionais (Cardiologia – UPF; Alta Complexidade em Saúde – UFSC) no ano de 2018 e Petra Zieher  Residência em Atenção ao Câncer no Hospital de Clínicas de Passo Fundo . A conquista foi bastante comemorada, pois veio antes mesmo de sua formatura.

De acordo com a acadêmica Petra Zieher, desde que iniciou seu curso em 2014, pôde participar de projetos de extensão, mini-cursos, palestras, eventos, visitas técnicas, pesquisas entre outras atividades que a universidade proporciona.

— A residência foi apresentada para mim durante os anos finais da graduação, e a ideia de tentar uma vaga, surgiu devido a afinidade que adquiri pela área oncológica, após a realização de pesquisa científica e estágios — enfatiza Petra.

Já a acadêmica Luana Turra, acredita que as experiências que teve durante a graduação foram fundamentais durante todo o processo de seleção.

— Sempre tive muito apoio dos meus professores da graduação, incentivo à iniciação cientifica, grupos de pesquisa, ligas acadêmicas, comissões, monitorias e voluntariado. As experiências que tive durante a graduação foram fundamentais durante todo o processo de seleção, sem dúvida, isso foi fundamental para chegar até aqui — reitera a acadêmica.

Por conta de terem sido aprovadas no exame de residência, Luana e Petra, optaram por realizar a colação de grau em gabinete no dia 22 de março de 2019.

Segundo a coordenadora do curso de Enfermagem, professora Marcia Restelatto, o que motivou as acadêmicas de Enfermagem a se dedicarem em toda graduação foi a busca de um sonho e acreditar que é possível sim, vencer no concorrido Mercado de Trabalho.

Ainda de acordo com a coordenadora, todos os acadêmicos, ao longo da graduação tem oportunidades de participarem ativamente de monitorias, estágios, trabalhos científicos, congressos, palestras e submeteram seus artigos à publicações. E esse engajamento faz toda diferença, durante a avaliação de títulos, após a concorrida vaga à Residência.

— Estes resultados sinalizam que estamos no caminho certo, corpo docente qualificado e comprometido e um estudante pró ativo, com isso, vamos colher sempre bons frutos — conclui Marcia.

Fonte:

Comunicação Unoesc

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas