Aconteceu nos dias 5 e 6 de Julho no Teatro Alfredo Sigwalt a 3ª edição do projeto Na Teia - Artes Integradas Autorais

Mais de 30 artistas de diversos segmentos puderam apresentar seus trabalhos neste movimento autoral que vem ganhando espaço a cada novo ano.

, 326 visualizações
Na imagem: André Luiz, Artur Lunardi, Davi Matz (organizadores do Teia 2019)
Na imagem: André Luiz, Artur Lunardi, Davi Matz (organizadores do Teia 2019)

A Terceira edição do projeto Na Teia – Artes Integradas Autorais contou com a participação de mais de 30 artistas do Vale do Rio do Peixe que, através deste movimento autoral, puderam apresentar suas obras, alguns pela primeira vez, reforçando a diversidade cultural deste espaço que é aberto para todos aqueles que desejam expor a sua arte. O artista Artur Lunardi, também diretor musical do Teia 2019, relatou que “o Teia vem provando ano após ano que a cena musical e artística de Joaçaba precisa se encontrar e fazer aquilo que mais gosta... Arte! O espaço disponibilizado e a união de pessoas que querem que sua música, sua dança e sua forma de ver o mundo seja conhecida pelas outras pessoas faz do Teia o lugar comum ideal para essas coisas acontecerem” pontua. Além do espetáculo aconteceu no hall de entrada do teatro uma exposição de arte com obras dos artistas plásticos Anghelo Rodrigues, Camila Matzenauer, Fernando de Oliveira e Ladimara Teixeira, o cenário foi desenvolvido pelo artista Wlademir Vieira. Além das exposições houve uma intervenção cênica no hall de entrada do Grupo Teatral Reminiscências de Joaçaba.

No dia 6 foi realizada a oficina de voz intitulada “Do Sopro ao Som” com a professora Grasieli Fachini da cidade de Florianópolis, além do curso de sete horas ela disponibilizou horários para aulas particulares. O curso abordou diversos aspectos técnicos e práticos em relação ao tema voz, como mitos e verdades, sanando diversas dúvidas dos participantes que ao final do curso relataram com muita satisfação a experiência, abaixo alguns trechos:

Relato de alguns participantes da oficina:

“A oficina foi excelente! A Grasieli foi supergenerosa, compartilhou conhecimentos com uma didática leve, alegre, prática e estimulante. Adorei!” - Marta Spessatto Dallarosa

“O som é um sopro de vida. Essa e muitas outras conclusões pude tirar de tão encantadora oficina. Uma oportunidade ímpar e que marcou minha visão sobre o que somos e porque cantamos” - Rodrigo Vargas

“Ela é supercompetente, didática, foi incrível, uma pena ela não dar aula aqui” - Tania Patzlaff;

“A palavra que resume o curso dela é ‘esclarecedor’, pra mim ela esclareceu todas as dúvidas que eu tinha em relação a voz e que ninguém conseguia, ela conseguiu, [...] esclarecedor e muito divertido” - Victor Bilhar

Oficina “Do Sopro ao Som” - projeto Na Teia 2019
Oficina “Do Sopro ao Som” - projeto Na Teia 2019

De acordo com os idealizadores do projeto, André Luiz Nunes da Silva e Davi Matzenauer dos Santos, a ideia deste evento cultural surgiu com o desejo de proporcionar um espaço cujas artes autorais fiquem em evidência. Davi demonstrou enorme satisfação logo após sua apresentação no espetáculo afirmando ter sido “a melhor edição até agora, tudo ocorreu mais naturalmente e graças a dedicação de todos, muito obrigado”. Indagados sobre o caminho que o projeto está traçando André Luiz argumentou que “é visível a proporção que este projeto está tomando graças ao envolvimento importantíssimo de cada artista, somente com o apoio destes e do público que será possível fortalecer este movimento artístico”.

O projeto, que visa promover composições autorais de artes plurais, procura desenvolver uma rede onde, além de promover arte, haja o estímulo necessário para incentivar outros artistas a apresentarem criações, possibilitando através do Teia um espaço agradável, confortável e favorável às manifestações autorais no qual o próprio autor tenha oportunidade de expor a obra na mais pura essência, preservando a estética original. O evento faz parte do Projeto SCAJHO - Seleção de Novos Talentos, cujo objetivo é oportunizar a artistas locais e regionais o uso do palco principal e demais dependências do teatro para a realização de shows e eventos culturais.

Siga nas redes sociais (Instagram, Facebook e Youtube): @projetonateia


Direção Geral: André Luiz Nunes da Silva

Direção Musical: Artur Lunardi e Davi Matzenauer do Santos

Cenário hall de entrada: Wlademir Vieira

Filmagem: Vilmar Sartori e Vinicius Sartori (VMS produções)

Fotos: Gabrielly Clemente

Iluminação: André Luiz Nunes e Luiz Lovatel

Sonorização: Leonardo Zílio (NZ Som e Luz)

Obras de:

André Luiz Nunes, André Schneeberger, Anghelo Rodrigues, Artur Lunardi, Camila Matzenauer, Caroline Adélia, Dada Westphal, Davi Matzenauer, Everson Besbati, Fernando de Oliveira, Gilson Penteado, Gilson Spadini, Johann Martini, Ladimara Teixeira, Lorenzo Lemos, Patrick Pedroso, Silvio Santos, Tributo Five;

Artistas convidados:

Bailarinos: Danrlei Santos, Gabriel Carl, Matheus Lavratti (Ballet de Câmara do Teatro Alfredo Sigwalt);

Músicos Convidados: Anna Roêsler, Rui Lehrer, Zé Baranceli, Leda Kerber, Luiz Fernando Spessatto, Vilmar Varella, Tributo Five: Edson Luthier, Fernando Nava, Joana Roma, Vicente;

Grupo Teatral Reminiscências: Fábio Libardi, Ingrid Alfonso, João Tomaz.

Apoiadores Culturais:

Jorge Seguros, Nativa Comunicação Integrada, NZ Som e Luz, Portal Éder Luiz, Porto Seguro Seguros, Posto Estrela, Scherer Autopeças, Teatro Alfredo Sigwalt, VMS produções, Rádios: Catarinense FM, Jovem Pan FM, Liberdade FM, Líder AM, Unoesc FM.

Veja mais fotos do evento na galeria!

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas