Começa a nascer uma feira do comércio, indústria e eventos para Joaçaba

Entidades sentaram pela primeira vez para debater o projeto, que tem como objetivo acontecer dentro de 2 anos.

, 2.816 visualizações
Começa a nascer uma feira do comércio, indústria e eventos para Joaçaba

Um encontro realizado nesta segunda-feira, 22, reuniu as principais entidades representativas de Joaçaba para debater projetos conjuntos. Participaram da conversa a presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Alessandra Cristina Favretto Pinto da Silva, o vice-presidente da entidade, Rafael Tozzo, e o presidente da Associação Comercial e Industrial do Oeste Catarinense (ACIOC), Angelo Junior Radavelli.

O encontro é revestido de muita importância por que já fazia algum tempo que essas duas entidades não sentavam para debater projetos conjuntos, mas agora a intenção é discutir e colocar em práticas essas iniciativas.

Entre os projetos está uma ideia que é muito comentada, debatida e esperada com expectativa pela comunidade e empresários, a realização de uma grande feira que reúna negócios, shows e lazer, como outros municípios da região já fazem com sucesso.

O evento, é claro, não é para acontecer de imediato, até por que com a pandemia nem seria possível, mas para ser planejado e realizado num prazo de 2 anos.

Até lá, segundo informou o empresário Rafael Tozzo, será feito um projeto completo, para ser apresentado a outras entidades do município e prefeitura. Antes de mais nada terá que ser encontrado um terreno adequado para se construir um centro de eventos, algo que faz muita falta para Joaçaba, depois buscar recursos para a sua construção e a partir dai começar a organizar a feira. Tudo isso não se concretiza antes dos 2 anos no mínimo, mas precisa ser começado a planejar agora para que vire realidade.

Diretorias das entidades se reuniram para debater a ideia.
Diretorias das entidades se reuniram para debater a ideia.

A importância de uma feira

Está mais do que comprovado que uma feira nos moldes do que fazem Treze Tílias e Capinzal traz muitos benefícios. O primeiro e no movimento econômico do município, com os recursos que são investidos, participação das empresa e indústrias da cidade, retorno em negócios durante o evento e até mesmo a movimentação da cidade, que gera dividendos mesmo para quem não expõe, já que a vinda de pessoas movimenta hotéis, restaurantes e outros comércios.

O segundo está na questão de mobilizar e motivar não só o comércio e indústria, mas toda a população, que se envolve e passa a respirar o evento. Faz tempo que muita gente diz que Joaçaba perdeu o protagonismo da região, muito por não ter o seu evento e não mostrar o potencial da cidade.

O terceiro são as opções de shows, gastronomia e lazer, que são tão solicitados pela, comunidade.

Desafios

Claro, será um grande desafio buscar os recursos para comprar um terreno e construir a estrutura, mas está mais do que provado com tantos exemplos que temos na região que com um bom projeto e a união dos órgãos é possível tirar do papel e transformar em realidade.

Iniciativa elogiável

A iniciativa da CDL e ACIOC de apresentar o projeto é digna de elogios. Há algum tempo Joaçaba precisa de ideais que tirem a cidade do marasmo que está e tragam novo ânimo para a população e classe empresarial. Um projeto que reúna todas as entidades vai fazer voltar um orgulho que se perdeu no tempo e pode ser a motivação que falta para o começo de uma retomada tão importante no momento que passamos.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas