Como o cinema dialoga com a literatura e com a prosa?

Conheça mais sobre o assunto neste artigo especial.

, 164 visualizações
Como o cinema dialoga com a literatura e com a prosa?

Sabemos que existem diversos tipos de escrita dentro de toda a área da produção textual ou redação, como por exemplo:

  • Carta
  • Prosa
  • Poesia
  • Dissertação
  • Narrativa

Além destes existem vários outros gêneros textuais, como a crônica. Contudo, a linguagem mais utilizada tanto no mundo acadêmico quanto na elaboração de livros é a prosa.

Pensando nisso, o objetivo do presente artigo é utilizar alguns exemplos de livros para mostrar exemplos de redação em prosa e para isto, citaremos alguns livros produzidos por cineastas e críticos de cinema, buscando evidenciar um pouco mais de como a escrita em prosa pode ser versátil.

Estrutura em prosaApesar de os livros possuírem um caráter geralmente ficcional e narrativo, existem inúmeros que também são pautados numa questão oratória e informacional.

Como dito, pensando nisso, iremos ver alguns livros e artigos acadêmicos sobre cinema que podem ilustrar um pouco de como esta estrutura textual é utilizada em exemplos práticos.

Antes de vermos alguns livros e trabalhos acadêmicos sobre cinema, é essencial analisarmos exatamente qual a estrutura deste tipo textual e como escrever de maneira apropriada nesta vertente.

Segundo a Wikipédia, a prosa é um estilo literário que consiste em uma divisão do texto em parágrafos, como o texto que vemos aqui, dividido em parágrafos. Portanto, a prosa é qualquer texto que seja dividido em parágrafos e não em versos.

Apresentando, desta forma, um contraste claro com a poesia, por exemplo. Ainda, a prosa pode ser dividida em dois subgêneros:

  1. Prosa Narrativa
  2. Prosa Demonstrativa

Estes estilos se diferem, principalmente, na questão de seu conteúdo, não em sua estrutura. Enquanto a prosa narrativa está focada em transmitir uma história, a prosa demonstrativa possui um enfoque mais claro na oratória e na didática.

No entanto, estes gêneros são amplamente utilizados em livros e no mundo acadêmico, visto que livros e artigos possuem geralmente uma estrutura pautada na oratória e na mostra de argumentos e visões diferentes.

Livros sobre cinema

A história sobre o cinema nos mostra que existem textos cinematográficos em ambas as vertentes da prosa citadas anteriormente.

Se, por exemplo, considerarmos roteiros como textos sobre cinema, vemos que também possuem um caráter ficcional e de entretenimento, não apenas informacional.

No entanto, existem livros acadêmicos e artigos acadêmicos sobre cinema que podem nos ilustrar perfeitamente a condução de um livro informacional não narrativo.

The Story Of Film - Mark Cousins

O primeiro livro que citamos no artigo de hoje é o The Story Of Film de autoria de Mark Cousins.

Mark é um escritor, cineasta e crítico cinematográfico escocês e em seu livro The Story Of Film, nos traz interessantes relações e fatos que ocorreram ao longo da história do cinema.

Existem relações ao longo do livro, que nos mostram, por exemplo, que Star Wars foi direta ou indiretamente inspirado pelo cinema oriental de Akira Kurosawa, ou até que mostram que a maneira como Douglas Sirk no período de ouro hollywoodiano influenciou, anos depois, a utilização da linguagem cinematográfica de Rainer Fassbinder.

Ainda, o livro é dividido em capítulos que mostram claramente a estrutura prosaica levantada inicialmente no livro, através de seu caráter informativo sobre a história do cinema até os dias de hoje.

O que é cinema? - André Bazin

O outro livro que traremos ao longo do artigo para elucidar como a prosa literária ocorre em inúmeros gêneros, inclusive na academia e no cinema, é O que é Cinema, de André Bazin.

André Bazin foi um renomado crítico de cinema e teórico de cinema francês que escreveu, dentro de outros inúmeros livros, o clássico O que é Cinema.

Neste livro, Bazin ilustra diretamente a relação do cinema com inúmeras outras áreas, como o teatro, a fotografia e a literatura, mostrando a maneira como o cinema integra de forma direta, ou indireta com vários setores da sociedade.

Como este livro dialoga com o uso da literatura dentro da sétima arte, é extremamente recomendável como estudo da linguagem em si.

Conclusão

A literatura em formato de prosa está presente em inúmeras vertentes literárias e estilos de obras. Sejam elas ficcionais ou não, informacionais, cinematográficas, biográficas ou narrativas, todas elas apresentam a possibilidade de serem estruturadas no formato de prosa.

O objetivo do presente artigo foi também o de mostrar como o cinema pode dialogar com várias áreas e como obras cinematográficas podem mostrar um pouco sobre a literatura em si.

Notícias relacionadas