Comoção popular toma conta de velório coletivo de família que morreu afogada

Cinco pessoas morreram, quatro vítimas eram crianças.

, 33.829 visualizações
Local onde acontece o velório. (Fonte: Canal 4)
Local onde acontece o velório. (Fonte: Canal 4)

Ainda na madrugada iniciou o velório coletivo das cinco vítimas de afogamento ocorrido na tarde de domingo, dia 26, no rio Jangada, na localidade do Marco Cinco, área rural de General Carneiro. Os corpos foram chegando aos poucos, reunindo todos por volta das 8 horas da manhã.

Devido ao números de vítimas e por se tratarem de pessoas da mesmo família, o velório foi coletivo e acontece na salão Ucraniano, na entrada da cidade. O local reúne um enorme número de veículos e de pessoas que foram prestar a última homenagem as vítimas.

A tragédia causou uma comoção popular geral. A prefeitura da cidade decretou luto oficial por três dias. Pelas ruas, as pessoas ainda parecem não acreditar no que de fato aconteceu, sendo está uma das maiores tragédias já registradas na cidade.

As vítimas da tragédia. (Fonte: Canal 4)
As vítimas da tragédia. (Fonte: Canal 4)

Resumo

No meio da tarde desse domingo, dia 26, uma família se banhava no rio Jangada quando foram levadas pelas águas. Foram cinco mortes, sendo um homem de 49 anos identificado como José Luiz Pecine dos Santos e quatro garotas menores de idade, Luana Pikurske, de 17 anos, Eduarda Tenille Pereira Buff de 13 anos, Amanda Aparecida Pikurske de 12 anos e Layra Marcieli Pereira dos Santos de 09 anos de idade.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas