Conheça o Penhor de Joias da Caixa

Volume emprestado com garantia de joias na região oeste catarinense em 2018 cresceu 11,7% em relação ano anterior.

, 1.361 visualizações

O Penhor da CAIXA movimentou R$ 8,9 milhões na região oeste de Santa Catarina em 2018, entre contratos novos e renovações. O número representa uma expansão de 11,7% em relação ao ano anterior. O produto atingiu em 2018 o número total de 5.472 operações na região, sendo 591 contratos novos e 4.861 renovações. Somente a agência de Joaçaba teve um crescimento de mais de 20%.

O Penhor da CAIXA é uma linha de crédito sem burocracia, por ser dispensada a avaliação de risco de crédito, podendo ser contratada inclusive por clientes negativados. “Esta linha de crédito é ideal para quem necessita de empréstimo rápido e fácil. A pessoa que possuir um bem confeccionado em ouro, prata, diamantes, pérolas, além de relógios e canetas de valor poder fazer uma avaliação especializada na CAIXA”, informa a superintendente regional, Maria Claudia Sakai.

De acordo com a superintendente, “o aumento na procura por esse tipo de empréstimo se deve principalmente pela rapidez na liberação do recurso e pelo fato de não necessitar de avalista, pois a garantia é o bem penhorado”. A avaliação da joia deve ser feita em uma das 460 agências que operam com penhor em todo o Brasil, sendo que no oeste catarinense as agências Chapecó e Joaçaba estão habilitadas para este tipo de atendimento. Em Joaçaba os avaliadores de penhor estão disponíveis diariamente das 10h às 15h e na agência Chapecó das 11h às 15h

Como contratar:

Além do prazo, cabe ao cliente decidir quanto crédito irá tomar. A CAIXA libera até 100% do valor da avaliação, limite concedido para clientes que possuem crédito de salário no banco. Os clientes que não possuem relacionamento com a CAIXA podem contratar até 85% do valor da avaliação do bem. Um cliente sem crédito de salário na CAIXA que empenha um anel avaliado em R$ 1.000, por exemplo, pode tomar até R$ 850 de empréstimo. Caso decida contratar R$ 500, ele poderá voltar a qualquer momento e solicitar até R$ 350 a mais de empréstimo, utilizando assim o limite restante.

Descontados os juros e as tarifas de avaliação e renovação, o cliente recebe o valor líquido do empréstimo na hora. Como se trata de uma concessão de crédito com garantia bastante sólida, o penhor dispensa análise cadastral e avalista, além de garantir uma taxa de juros bem abaixo das praticadas em outras modalidades de crédito. No penhor, a taxa vigente é de 2,1% ao mês. Para contratar, o cliente também deve apresentar RG, CPF em situação regular e comprovante de residência. O dinheiro sai na hora!


Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas