Curso de Enfermagem da Unoesc debate relação entre o meio ambiente e saúde no 5º Workshop Discente

Palestra abordou como impacto causado pela degradação do meio ambiente reflete na saúde.

, 221 visualizações
Professora Fernanda Maurer D’Agostini durante sua palestra
Professora Fernanda Maurer D’Agostini durante sua palestra

O curso de Enfermagem da Unoesc Joaçaba, promoveu no dia 15 de abril, o 5° Workshop Discente, com o tema “Relação entre o meio ambiente e saúde”, no auditório Afonso Dresch. O evento objetivou despertar nos acadêmicos o senso crítico, na busca constante por informações de qualidade, aprimorando os conhecimentos adquiridos durante a vivencia acadêmica, desenvolvendo a multidisciplinaridade nas mais diversas áreas do conhecimento.

A palestrante convidada, professora doutora Fernanda Maurer D’Agostini, realizou uma abordagem com as inter-relações entre a população, recursos naturais e o crescimento populacional, que está ligado diretamente à degradação ambiental que por consequência afeta o ecossistema.

— Quando o meio ambiente é afetado por ações arbitrárias do ser humano, isso provoca o desequilíbrio de várias formas de vida que integram a diversidade natural, refletindo diretamente no quadro de saúde da população, notando- se assim, uma mudança do perfil epidemiológico e da situação de saúde — explicou Fernanda.

De acordo com coordenadora do curso, de enfermagem, Professora Márcia Restelatto, a temática do workshop é bem pertinente para o momento atual. Segundo ela, formar pessoas conscientes ambientalmente a partir de atividades específicas de educação ambiental, possibilita a produção de resultados positivos de médio a longo prazo, sendo assim a mudança ocorre na base da sociedade (jovens), originando pessoas preocupadas com os problemas relacionados ao ambiente.

— Outro fator que pode ser extremamente eficiente no processo de conservação está inserido no contexto da educação. Essa forma ocorre na construção de um ensino ligado à qualidade, e não à quantidade. Qual é o impacto no meio ambiente que está refletindo na saúde? Endemia e surtos de doenças que considerávamos extintas ou que não existiam, como a dengue, a chikungunya, a febre amarela, são sinais do quão grave encontra-se a atual situação. É preciso trabalhar no acadêmico, questões da saúde e educação, esclarecendo que atitudes básicas do nosso dia-dia, como a não separação do lixo, tem impacto e agravo para nossa saúde e para a saúde do planeta — ressalta Márcia.

O evento, que foi aberto para os cursos de Odontologia, Medicina, Pedagogia e Psicologia, contou ainda com apresentações culturais. A professora Janaina Mery Ribeiro, cantou a música, ‘Terra, planeta água”, do compositor Guilherme Arantes e a acadêmica da primeira fase do curso de Enfermagem, Maksllene Ingrid de Souza Cavalcanti, declamou a poesia: “O dia em que o sol não nascer”, da autora Rama.

Fonte:

Ascom

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas