Em um mês, sobe 87% número de mortes por Covid em SC

Baixa vacinação e frio explicam alta.

, 290 visualizações
Em um mês, sobe 87% número de mortes por Covid em SC

Junho registrou aumento de 87% nas mortes por Covid-19 em comparação ao mês de maio. Os dados do Painel do Coronavírus do NSC Total apontam que, até esta quinta-feira (30), 146 pessoas foram vítimas da doença em junho — 68 a mais do que no mês anterior. Para especialista, atraso na vacinação e o clima frio podem ter ligação com a alta. 

O número é o maior desde março deste ano, quando foram registradas 241 mortes. A maioria das vítimas tem 60 anos ou mais — esse grupo representa 90% do total dos óbitos. Já a vítima mais jovem é uma criança de dois anos, que morreu em 28 de junho, em Balneário Barra do Sul, no Litoral Norte do Estado. 

Porém, os números de junho ainda está abaixo do que o registrado no mesmo mês do ano passado, quando a vacinação contra a doença ainda estava no início. Em 2020, no mês, foram 1.521 óbitos. 

Na última semana, o Estado também registrou o maior número de óbitos em decorrência da doença desde março de 2022, com 56 vítimas. O levantamento é referente aos óbitos registrados entre 19 e 26 de junho. Antes, a maior quantidade ocorreu entre 6 e 12 de março, quando foram 77 mortes. 

O aumento é significativo ao comparar com os dados da semana anterior. Isto porque entre 12 a 18 de junho foram registradas 29 mortes — 48,21% a menos do que na semana seguinte. 

Apesar disso, os números ainda estão abaixo do registrado no mesmo período no ano passado. Isto porque entre 20 e 26 junho de 2021, foram 340 mortes — redução de 83%. 

Clima frio e falta de vacina podem ser causas, diz especialista 

Para o infectologista e professor no curso de medicina da Univille Tarcisio Crocomo, são dois os fatores que podem contribuir para o aumento das mortes: a chegada do inverno e a falta de vacinação. 

— O clima frio favorece a disseminação de doenças respiratórias. E sabemos também que os casos mais graves atuais ocorrem em pessoas não vacinadas ou que não estão com as doses em dia e, com isso, ficam mais suscetíveis a doença mais grave — pontua. 

Por conta disso, ele orienta que as pessoas mantenham os cuidados básicos para evitar a contaminação, como uso de máscara, higiene das mãos, evitar aglomerações e a vacinação contra a Covid-19. 

SC tem 12,7 mil casos ativos de Covid-19

Até esta quinta-feira, Santa Catarina acumulava 12.748 casos ativos da doença em 265 municípios. Florianópolis lidera a lista com 1.793 pacientes em tratamento para o vírus, seguido de Joinville, com 1.621, e Blumenau, com 905. 

Ao todo, 1.791.349 casos da doença foram confirmados em 295 municípios catarinenses em dois anos de pandemia. 

Fonte:

NSC Total

Notícias relacionadas