Entidades buscam apoio do governador para voos regulares de passageiros no aeroporto de Joaçaba

Assista! Jorginho Mello comentou o assunto e disse que agora é a hora da comunidade tomar as iniciativas.

, 1.907 visualizações
Entidades buscam apoio do governador para voos regulares de passageiros no aeroporto de Joaçaba

Na manhã de quarta-feira (10), durante a visita do Governador Jorginho Mello ao Aeroporto SAnta Terezinha para a entrega de uma aeronave de transporte aeromédico, o presidente da Associação Comercial e Industrial do Oeste Catarinense (ACIOC), Fábio Lazzarotti, o prefeito de Herval d' Oeste e presidente da Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (AMMOC), Mauro Martini, além do prefeito de Joaçaba, Dioclésio Ragnini, entregaram um ofício assinado em conjunto pela ACIOC e AMMOC, solicitando o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina quanto à iniciativas que possam viabilizar os voos comerciais no aeroporto de Joaçaba.

De acordo com o presidente da ACIOC, Fábio Lazzarotti, a entrega da aeronave para transporte aeromédico demonstra a importância das adequações e investimentos realizados em infraestrutura do local e sinaliza que há potencial e possibilidade para a operação de voos também com fins comerciais, cabendo às entidades e ao Poder Público se unirem cada vez mais para pleitear formas de acelerar esse processo.

“Acreditamos que a promoção de voos comerciais no Aeroporto Santa Terezinha trará benefícios econômicos tangíveis, estimulando negócios, turismo, fortalecendo os laços comerciais e aumentando a conectividade da região do Meio Oeste de Santa Catarina com outros centros urbanos do estado e do país. Por isso, agradecemos ao Governo de Santa Catarina pelo que já fez e solicitamos que continue olhando para essa demanda tão importante para nossa região”, afirmou Fábio.  

Governador fala que agora chegou a hora da comunidade fazer a sua parte

Durante entrevista coletiva, questionado pelo Portal Éder Luiz, o governador falou sobre a questão dos voos regulares de passageiros no aeroporto de Joaçaba. Para Jorginho, agora só depende das entidades públicas, comunidade e associações se unirem para atraírem empresas aéreas. Assista abaixo:


Fonte:

Texto com informações da Assessoria de Imprensa da ACIOC

Notícias relacionadas