Estudantes do SENAI Joaçaba e Luzerna sobem ao pódio na competição SENAI Challenge

Projeto do Kart Elétrico conquistou 1º lugar e de Desenvolvimento de Games conquistou a 3ª colocação.

, 560 visualizações
Projeto de Kart Elétrico do Senai Joaçaba conquistou 1º lugar.
Projeto de Kart Elétrico do Senai Joaçaba conquistou 1º lugar.

Milhares de jovens catarinenses demonstraram todo conhecimento adquirido ao longo do ano na construção de karts elétricos, carros compactos, robôs, cadeiras de rodas automatizadas, jogos de internet, hóquei e coleções de moda durante a terceira edição do SENAI Challenge, a qual envolveu oito cursos técnicos, 35 unidades e mais de 2 mil alunos e 150 docentes.

Essas atividades foram realizadas em aulas práticas de Cursos Técnicos e de Aprendizagem Industrial do SENAI em todo o estado. Os projetos foram apresentados nos dias 9 e 10 de novembro, em Joinville.

O evento tem entre os objetivos buscar alternativas para questões desafiadoras da indústria, promover a qualificação e o desenvolvimento de competências profissionais, além de estimular a aplicação de metodologias práticas de ensino.

Os alunos do SENAI de Joaçaba conquistaram o 1º lugar no desafio de Kart Elétrico, seguidos de Jaraguá do Sul e Indaial. O piloto do Kart foi Vitor Souza, porém o projeto foi desenvolvido pela 4ª fase do Curso Técnico em Mecânica, tendo como professor responsável Matheus Schmitz.

Durante o evento, os karts foram testados em uma corrida. Entre as unidades do SENAI participantes estão: Brusque, Caçador, Canoinhas, Capinzal, Concórdia, Indaial, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville Norte, Joinville Sul, Mafra, São Bento e Videira. O desafio segue critérios de duração da bateria elétrica e velocidade. Além disso, o intuito do desafio é desenvolver a capacidade de pesquisa, liderança e trabalho em equipe.

O pódio também teve alunos do SENAI de Luzerna do Curso Técnico em Informática, que participaram do desafio Challenge Desenvolvimento de Games. O 1º lugar ficou com Blumenau, o 2º com Joinville e o 3º com Luzerna.

O game Waiting in the sky foi desenvolvido pelos alunos Henrique Stratmann Rampazzo, Mateus Petry e Matheus Pratto, sob a coordenação do professor Ricardo José Costa. O desafio teve participação ainda das Unidades de Blumenau, Brusque, Jaraguá do Sul, Joinville Norte, Joinville Sul e São José.

Formação diferenciada

O modelo de educação adotado pelo SENAI privilegia a realização de projetos como forma de fortalecer o aprendizado e de levar os futuros profissionais a viver situações reais da indústria. Nas turmas envolvidas com esses projetos, o índice de abandono é praticamente zero.

Além disso, os egressos têm alto índice de empregabilidade. Oito em cada 10 alunos do SENAI/SC conquistam inserção no mercado de trabalho em, no máximo, um ano após a finalização do curso.


Fonte:

Nativa Comunicação

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas