Família de Joaçaba sobrevive a grave acidente na BR 282

Carro em que estavam teve a frente cortada por um caminhão que não parou no local.

, 23.073 visualizações
Família de Joaçaba sobrevive a grave acidente na BR 282

Uma família de Joaçaba sobreviveu a um acidente de trânsito que poderia ter sido fatal na noite desta quinta-feira, 05, na BR 282, em Erval Velho.

Pai, mãe e um filho pequeno, moradores do bairro Monte Belo, tinham saído há pouco de casa e seguiam para visitar parentes no litoral do estado. A viagem foi interrompida quando um caminhão, com placas de Sombrio, cortou a preferencial do veículo de Joaçaba no trevo que dá acesso ao distrito industrial de Erval Velho.

O carro bateu contra a traseira do caminhão, rodando na pista. O estrago foi enorme no veículo, rasgando a lateral do lado do motorista. Mesmo com a violência da batida o motorista do caminhão ainda contornou o trevo, voltou para a pista e seguiu sentido Erval Velho, sem parar para prestar socorro.

No carro, o motorista sofreu escoriações no rosto, a esposa e o filho não tiveram ferimentos. O homem foi levado pelo Samu para receber atendimento médico na Upa em Herval, onde os ferimentos foram suturados.

Caminhão encontrado

O motorista do caminhão foi encontrado em um posto de combustíveis em Erval Velho.
O motorista do caminhão foi encontrado em um posto de combustíveis em Erval Velho.

Após o acidente um policial militar de Erval Velho que auxiliou na ocorrência iniciou as buscas ao caminhão envolvido no acidente.

Ele encontrou o veículo em um posto de combustíveis no Centro de Erval Velho, quando o motorista tentava consertar a placa, danificada na batida. Na abordagem o motorista assumiu que havia se envolvido no acidente. Ele retornou até o local e foi submetido ao teste do bafômetro, aplicado pela PRF, que não constatou embriaguez.

O homem alegou que não parou no local por que ficou nervoso e que depois voltaria.

O laudo que será elaborado pela PRF irá apontar a responsabilidade do motorista do caminhão no acidente.

No caminhão foi difícil identificar a batida.
No caminhão foi difícil identificar a batida.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas