Haitiano sonha em trazer filhos ao Brasil e precisa de ajuda

Destin mora em Joaçaba e já conseguiu toda a documentação para buscar seus filhos, mas precisa do valor para comprar as passagens aéreas.

, 9.945 visualizações
Haitiano sonha em trazer filhos ao Brasil e precisa de ajuda

O haitiano Destin Tima, está no Brasil a três anos e meio e veio ao país em busca de uma vida melhor. Aqui ele encontrou melhores condições de trabalho, mas apesar de conseguir uma qualidade de vida superior ao Haiti, Tima está longe dos filhos e tem o desejo de trazê-los também para o Brasil.

Os seis filhos tem entre 9 a 14 anos estão sendo cuidados pelos avôs, mas a situação deles no país é difícil, pois o Haiti está em crise.

“A situação deles está complicada porque o país está em crise, nada funciona nesse momento lá, nem escola, nem hospital, até remédio é difícil para conseguir, pois desde janeiro o país está parado. Eu gostaria de trazer eles para o Brasil para que aqui eles possam estudar e ter uma vida melhor”, diz.

Destin mora em Joaçaba e já planeja conseguir uma casa maior para acomodar seus filhos na cidade. O haitiano já tem toda a documentação necessária para que os filhos venham ao país, desde passaporte e visto, mas a dificuldade está em comprar as passagens aéreas para ir buscá-los. O valor necessário para as passagens seria de aproximadamente 25 mil reais.

“O meu sonho é oferecer a eles uma vida melhor, poder vê-los estudar e ter um futuro melhor, queremos morar aqui no Brasil. Sei que o povo brasileiro tem um bom coração e agradeço muito se puderem me ajudar”.

Os interessados em ajudar Destin a realizar seu sonho, podem entrar em contato com ele pelo fone: (49) 9 9922-2713, contribuir com qualquer valor na Vakinha que foi criada https://www.vakinha.com.br/vaquinha/sonho-em-trazer-meus-filhos-ao-brasil-e-preciso-de-ajuda


Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas