Histórico! Aline Rocha é campeã no Mundial Paralímpico de esqui cross-country

Atleta revelada em Joaçaba é a primeira brasileira a conquistar um ouro em esportes de inverno.

, 2.594 visualizações
Histórico! Aline Rocha é campeã no Mundial Paralímpico de esqui cross-country

Aline Rocha é a nova campeã mundial na prova rápida (sprint) do esqui cross-country paralímpico. A brasileira completou o percurso de 1 km em 3min10s38 e conquistou o ouro, feito inédito para o Brasil em um Mundial na neve, nesta terça-feira, 24, em Ostersund, na Suécia.

No último domingo, Aline ficou com o bronze na prova de 18 km.

A delegação brasileira, formada por cinco atletas e quatro integrantes da comissão técnica é a maior da história do país no Mundial de esqui cross-country paralímpico.

Aline foi revelada para o esporte paralímpico em Joaçaba, quando começou a treinar na Associação Regional dos Atletas com Deficiência – ARAD.

A história de Aline

Aline Rocha Jogos Paralímpicos de Pequim — Foto: Ale Cabral / CPB
Aline Rocha Jogos Paralímpicos de Pequim — Foto: Ale Cabral / CPB

A conquista de hoje é só mais uma na vida de Aline, que se tornou um verdadeiro exemplo de superação e garra.

Aos 15 anos, Aline ia de Catanduvas a Vargem Bonita com a mãe e o irmão quando sofreu um acidente de carro. Ela estava no banco de trás e usava cinto de segurança, mas o impacto da batida registrada na BR-282, no dia 25 de junho de 2006, às 17h25, foi suficiente para fraturar a coluna, atingir a medula e deixar a jovem paraplégica. 

Aline começou a praticar esportes aos 16 anos, pouco depois de sofrer o acidente. Foi quando conheceu a ARAD, onde conseguiu uma cadeira de rodas para corrida e começou a praticar basquete e atletismo. Ela logo se identificou com o atletismo. As três medalhas de bronze conquistadas na primeira competição que participou - o Parajasc – foram apenas o início de uma trajetória de sucesso. Depois disso, inúmeras outras conquistas foram alcançadas. Em 2014 Aline deixou Joaçaba para morar no estado de São Paulo, onde passou a frequentar centros de treinamento profissionais. Desde então são várias participações em provas e competições pelo mundo inteiro.

Notícias relacionadas