Homem é condenado pelo estupro de vulnerável da própria filha em SC

Os crimes se sucederam por uma década e só se encerraram quando o pai foi denunciado ao Conselho Tutelar.

, 1.333 visualizações
Homem é condenado pelo estupro de vulnerável da própria filha em SC

Em uma ação penal pública ajuizada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a Justiça condenou um pai pelo estupro de vulnerável da própria filha praticado em várias ocasiões ao longo de quase dez anos. Os crimes começaram em 2005, quando a menina tinha apenas três anos de idade. Em 2008, o réu passou a ter conjunção carnal com a criança, então com seis anos. A prática do crime se estendeu até 2015, quando o agressor foi denunciado. 

O Juízo atendeu ao pedido do MPSC e condenou o réu a 27 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão, em regime inicial fechado. O sentenciado teve a pena aumentada por ser pai da vítima e pelo fato de o crime ter sido praticado sucessivas vezes contra a menina. 

Para preservar a identidade da vítima, em respeito ao sigilo do processo, o MPSC não divulga os nomes nem a localidade onde os fatos ocorreram. 



Fonte:

MPSC

Notícias relacionadas