IFC Luzerna recebe premiações em olimpíadas de Matemática e Astronomia

Instituição foi destaque em 2018.

, 2.148 visualizações
Entrega de certificados na cerimônia de encerramento, no auditório do ITA.
Entrega de certificados na cerimônia de encerramento, no auditório do ITA.

O Instituto Federal Catarinense (IFC) - campus Luzerna iniciou sua história em 2010 com os cursos técnicos em Automação, Mecânica e Segurança do Trabalho. Quatro anos mais tarde, foram implantados os Cursos Técnicos de Nível Médio em Automação Industrial e Segurança do Trabalho e, em 2017, ingressou a primeira turma de Ensino Médio Integrado em Técnico em Mecânica. Nessa curta, mas significativa trajetória, os alunos do IFC - Campus Luzerna já acumularam participações em olimpíadas e trouxeram diversas premiações para a Instituição.

No ano de 2018, em especial, o campus Luzerna foi representado em Olimpíadas de Física, Química, Matemática, Astronomia e Astronáutica. Doze alunos dos cursos de Ensino Médio Integrado participaram da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e dez conquistaram certificado de Menção Honrosa, são eles: André Luiz de Paula, Felipe Oscar Pereira, Guilherme Pauli, Guilherme Proença Perin e Henrique Fuga Duran, do curso Técnico em Automação Industrial; Carlos Aloisio Johann Dammann, Greta Rosa de Andrade e Pedro Lucas Desidério Celso do curso Técnico em Mecânica; e Emanuele Heckler e Victoria Bilibio Rossi do curso Técnico em Segurança do Trabalho.

Na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica (OBA), foram 15 participantes do campus Luzerna, dentre eles Henrique Fuga Duran - que conquistou medalha de ouro e Guilherme Proença Perin - medalha de bronze. Henrique Duran também participou da Primeira Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais que ocorreu no Instituto Federal de Minas - campus Muzambinho, e recebeu Menção Honrosa. Ainda, devido ao ótimo desempenho na prova de Astronáutica da OBA, o referido estudante participou do evento Jornada Espacial, em São José dos Campos-SP, polo de tecnologia aeroespacial no país. O evento contou com palestras e oficinas no INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), no ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) e no MAB (Memorial Aeroespacial Brasileiro), além de visitas aos espaços desses locais. Foi uma intensa semana de formação, com engenheiros e cientistas que trabalham no programa espacial brasileiro desenvolvendo foguetes e satélites.

O IFC Luzerna também participou em 2018 da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Equipes de até três alunos montaram suas bases de lançamento e lançaram seus foguetes de garrafa PET - os foguetes foram impulsionados por uma mistura de vinagre e bicarbonato de sódio. Uma das equipes - formada pelos alunos Guilherme Cole, Letícia Bartolomeu e Bruno Beber - se classificou para a Jornada de Foguetes. Essa Jornada aconteceu em Barra do Piraí - RJ, com estudantes de todo o país que competiram pelos lançamentos de maior alcance e que participaram de palestras e oficinas sobre foguetes e tecnologia aeroespacial. O estudante Guilherme Cole representou a equipe do IFC Luzerna e ganhou troféu de campeão, classificando-se no grupo dos maiores alcances.

Foi um ano intenso de participações do campus em eventos científicos de dimensão nacional, os quais, sobretudo, proporcionaram a formação pessoal e oportunizaram a estudantes e professores o compartilhar das ciências em diferentes espaços de construção do conhecimento.

Fonte:

Katielle Moraes de Bilhan, professora de Matemática no IFC campus Luzerna Madge Bianchi dos Santos, professora de Física no IFC Luzerna

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas