Liesjho anuncia evento para lançamento do Carnaval 2019

Lançamento oficial do evento ocorre neste sábado (24) na sede da GRES Aliança às 20h30.

, 388 visualizações
Fotos: Odair Silva/Portal Eder Luiz
Fotos: Odair Silva/Portal Eder Luiz

A diretoria da Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d’ Oeste (Liesjho) convocou coletiva de imprensa para anunciar o lançamento oficial do Carnaval 2019. Será uma oportunidade para as escolas apresentarem seus enredos, baterias e do público conhecer a corte.

O evento ocorre neste sábado (24) na sede da GRES Aliança, às 20h30. O encontro com a imprensa na manhã desta quarta-feira, dia 21 também serviu para responder a dúvidas e questionamentos referentes ao evento.

O Carnaval Joaçaba 2019 acontece de 1º a 05 de março. Contando com o retorno da Escola de Samba Vale Samba, além da participação da Aliança e Acadêmicos do Grande Vale, ambas de Joaçaba, e também da Unidos do Herval da cidade de Herval d´Oeste. Os ingressos começarão a ser vendidos a partir do dia 10 de dezembro para camarotes e 15 de janeiro para arquibancadas. A compra poderá ser feita no site da Liesjho e o valor poderá ser parcelado no cartão.

O presidente da Liesjho, César Junqueira de Carvalho, um dos fundadores da Liga, há cerca de 22 anos - presidente por duas vezes e que ocupava o cargo de diretor técnico e de julgamento da entidade, destacou que as escolas seguem um andamento de trabalho acelerado para levar a Avenida do Samba os mais belos trabalhos. "Todas estão se preparando e em termos de dificuldades, a Vale Samba, que ficou dois anos sem desfilar é que mais está sem empenhando para levar um belo desfile a avenida", explica.

Fotos: Odair Silva/Portal Eder Luiz
Fotos: Odair Silva/Portal Eder Luiz

Junqueira destaca que a ideia da diretoria é que nos próximos anos as escolas recebam valores antecipados. E em 2021 recebam com um ano de antecedência. "O interesse da Liga em 2020 é de antecipar recursos para que as escolas não passem por essas situações, saiam do marasmo e tenhamos maior agilidade". Atualmente a entidade repassa recursos para as agremiações, na ordem de cerca de R$ 200 mil. O repasse de recursos para cada escola diminuirá no próximo ano, será de R$ 150 mil.

Outro problema que as escolas enfrentam é a participação de integrantes em desfiles, os números vem diminuindo e, portanto, a Liga irá propor que para 2020 também as escolas iniciem um projeto de escola de samba mirim, em parceria com escolas municipais e estaduais.

Apoio financeiro

Sem previsão de repasse de recursos por meio da Secretaria de Turismo e Cultura do Governo do Estado, a Liga vem buscando apoio com os poderes legislativo e executivo de Joaçaba e Herval d' Oeste. Nessa forma de repasse de recursos, o governo do estado envia a verba, por meio de cadastramento, porém solicita contrapartida do município. "Estamos mantendo contato direto com os gestores e legisladores para que eles possam nos auxiliar, não só aprovando projetos mas, auxiliando a busca de empresas interessadas. Inclusive solicitando apoio de Herval d' Oeste já que o evento também carrega seu nome".

Outra forma é a captar recursos, já que a Liesjho obteve aprovação no fim de outubro, do projeto para captação de recursos por meio da Lei Rouanet. O projeto de nº 184151 pode captar até R$ 1.992.888,45. “"Estamos buscando aproximação com empresas da região e temos uma boa expectativa de captação de recursos”, comenta Junqueira.

A expectativa da diretoria em torno da captação de recursos gira em torno de R$ 1 milhão. Nos últimos seis anos em que houve captação de recursos por meio da Lei Rouanet, os valores ficaram em torno de R$ 500 mil. “O dinheiro a ser captado neste projeto não fica para a Liesjho, ele é depositado em uma conta e retirado para efetuar o pagamento daquilo que foi colocado na documentação enviada à Brasília. Para todo pagamento é prestado conta, e realizado através de transferência bancária, após o repasse da nota fiscal”, enfatiza.

A Prefeitura de Joaçaba também destina anualmente R$ 600 mil ao evento e deve encaminhar projeto para aprovação na Câmara de Vereadores até o fim de novembro.

Os desfiles custam em média R$ 700 mil, somando custos como estrutura de arquibancadas, banheiros químicos, sonorização. E ainda tem o Carnafolia que tem um custo aproximado de R$ 400 mil.

Desfiles

No próximo ano, as quatro escolas desfilam no sábado, dia 02 de março. O evento deve iniciar às 21h acabar por volta das 2h30. No domingo, dia 03 acontece a apuração às 18h, em seguida Trio Elétrico.

Na segunda-feira (04) voltam duas escolas, campeã e vice para desfilar, com tempo menor de desfile – cerca de 50 minutos e, em forma de congregação entre as escolas, mesclando integrantes e diretorias, onde todas poderão brincar entre si misturando as fantasias. Uma verdadeira festa, conforme o presidente.

Junqueira pontua que as estruturas de arquibancadas seguirão o projeto de 2017, com adaptações mas, com instalação e retirada programadas.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas