Motoristas reclamam que multas por transitar sobre rótula no centro da cidade não foram canceladas

Situação gerou polêmica no período do carnaval e a prefeitura anuncia que poderia rever os casos.

, 3.300 visualizações
 Infração gravíssima gera 7 pontos na Carteira e mais de R$ 800,00 no bolso
Infração gravíssima gera 7 pontos na Carteira e mais de R$ 800,00 no bolso

O Portal Éder Luiz recebeu de um leitor um pedido para averiguar sobre as multas aplicadas em frente a catedral, por transitar sobre a rótula. As infrações foram constatadas no período do carnaval, através de videomonitoramento da Polícia Militar, que te um convênio com o município de Joaçaba para fiscalizar o trânsito.

Na época, o diretor de trânsito e mobilidade urbana da Prefeitura de Joaçaba, Wilton Werner Zukowski, se manifestou informando que todos que receberam multa no local deveriam entrar com recurso e que as multas poderiam ser anuladas.

"Pelo fato de que em eventos como o carnaval se retiram os tachões e se permite passar sobre estas demarcações, estas multas geradas poderão ser eliminadas. Quem as recebeu pode nos procurar na prefeitura que estaremos orientando e auxiliando no procedimento para retirar as multas. Desde já agradecemos a compreensão". Comentou na época.

Mas, os motoristas multados receberam com surpresa a notificação após realizarem o procedimento solicitado pela prefeitura, como descreveu o leitor:

"Eu fui uma das pessoas multadas na rotatória da igreja e fiz o procedimento conforme orientado pela prefeitura, recorri dentro do prazo, para que, conforme eles mesmos anunciaram amplamente, seria cancelado aquelas multas. Porém hoje recebi o boleto da multa para pagamento, então acho que foi uma falta de respeito tremendo com o cidadão envolvido. Quando houve o escândalo dessas multas eles trataram logo de apaziguar, disseram que seriam todas canceladas, inclusive utilizei as informações do seu site pra recorrer da multa, citei que foi amplamente divulgada na mídia local que os responsáveis iam anular essas multas e agora eles negam o recurso e cobram a multa?".

Acima a multa enviada pelo leitor

Prefeitura afirma que multas irão a recurso

Procurado pela reportagem do Portal Éder Luiz o diretor de trânsito e mobilidade urbana, Wilton Werner Zukowski, disse que as multas foram encaminhadas para avaliação da JARI - Junta Administrativa de Recursos de Infrações, órgão responsável pelo julgamento dos recursos interpostos contra penalidades aplicadas.

Desta forma, ainda existe a possibilidade de que as multas sejam revistas, porém, não houve qualquer garantia por parte do órgão responsável.

O prazo para a defesa e pagamento com desconto encerra no dia 31 deste mês.

A penalidade

A infração de trânsito do artigo 193 é a mais extensa do Código de Trânsito Brasileiro, englobando o ato de transitar com o veículo em diversos locais.

Transitar com o veículo em calçadas, passeios, passarelas, ciclovias, ciclofaixas, ilhas, refúgios, ajardinamentos, canteiros centrais e divisores de pista de rolamento, acostamentos, marcas de canalização, gramados e jardins públicos:

Infração - gravíssima;

Penalidade - multa (três vezes).

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas