No dia em que começa o inverno, relembre uma das maiores nevascas registradas na região Meio-Oeste

Fotos da época mostram uma paisagem europeia em Joaçaba.

, 6.690 visualizações
No dia em que começa o inverno, relembre uma das maiores nevascas registradas na região Meio-Oeste

Nesta terça-feira, 21, começa oficialmente o Inverno. E embora o tempo esteja agradável, com temperatura até alta para a época, o indicativo é de uma estação bem típica, com geada e até chance de neve para o mês de julho, conforme adianta a meteorologia. Se a neve vier não será novidade em 2022, já que o outono trouxe o fenômeno no mês de maio.

Para marcar a chegada o inverno, relembramos uma das maiores nevascas que Joaçaba já registrou.

Foi na manhã de uma sexta-feira, 20 de agosto de 1965, que reservava uma surpresa para quem tinha ido dormir com temperaturas abaixo de 0. Logo cedo os olhos dos moradores de Joaçaba, Herval, Luzerna e de vários municípios de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, ficaram extasiados com a paisagem.

O branco da neve tomava conta de tudo, numa das maiores nevascas que se teve notícia até hoje. Os morros e o vale do Rio do Peixe pareciam cenário de um inverno tipicamente europeu e o frio assustava até mesmo quem estava acostumado com os invernos rigorosos da região.

A precipitação acumulada ao longo da noite e da madrugada foi fantástica. A cidade ficou tomada pelos flocos brancos. Telhados de casas, calçadas, ruas, automóveis a vegetação, tudo mesmo apresentava apenas uma cor. Nos registros da época é possível perceber a paisagem bem diferente. A última neve que se viu por aqui foi em 27 de julho de 2013, mesmo assim somente em alguns pontos do interior de Joaçaba e Herval.


Notícias relacionadas