PM de Campos Novos intensifica policiamento nas escolas após boatos de Massacre

O colégio se manifestou sobre o caso.

, 8.977 visualizações
PM de Campos Novos intensifica policiamento nas escolas após boatos de Massacre

Um fato inusitado chamou a atenção de pais e alunos no final da tarde desta terça-feira (24), quando começou a circular nos grupos de WhatsApp uma informação de que existiam “boatos” sobre um suposto massacre em uma escola de Campos Novos nesta quarta-feira (25).

O fato ganhou grande repercussão na comunidade camponovense, que ficou assustada, visto que, nesta terça-feira (24) uma notícia chamou a atenção do mundo quando 19 crianças e uma professora foram assassinadas a tiros em escola nos EUA. O responsável pelo ataque foi um jovem de 18 anos que morreu no local.

A informação dava conta de que o fato surgiu no Colégio Auxiliadora em Campos Novos. O Jornalismo da Rádio Simpatia FM procurou o diretor da escola particular do município, Rodrigo Bertacini que confirmou o fato e da mesma forma quer tranquilizar a comunidade.

“De fato isso aconteceu aqui dentro do colégio. Nós tivemos a informação de uma mensagem de caneta, bem pequena, que foi colocada atrás da porta de um dos banheiros femininos. Uma letra bem feita, bem desenhada, que foi colocada ali – Massacre, 25/05”, explicou o diretor Rodrigo.

O diretor comentou que quando ficaram sabendo da informação, buscaram internamente averiguar a situação, para que conseguissem chegar à autora da mensagem.

A direção do Colégio passou a investigar o fato com os demais alunos, em busca informações que “formam esse quebra cabeça”. E já existem indícios da autora da mensagem. “Realmente teremos a situação resolvida com a autora da situação e as providencias que o colégio vai ter que tomar, diante da proporção que se criou ao redor desse assunto” justificou o diretor.

Rodrigo Bertacini salientou que o Colégio Auxiliadora conta com um protocolo de segurança elaborado para garantir tranquilidade e bem estar para toda a comunidade educativa e também para as famílias que confiam a educação dos filhos à equipe educacional.

O Colégio tem um detector de metal que é utilizado na entrada dos alunos que tem o objetivo de aumentar a segurança e prevenir práticas de violência e uso de armas. “Diante desta situação nós estamos intensificando a utilização dos detectores de metal que a escola adota desde o ano passado, como protocolo de segurança dos alunos do fundamental 02 e ensino médio” disse Bertacini.

O diretor Rodrigo, quer tranquilizar as famílias, reafirmar que as providencias estão sendo tomadas e a direção do colégio está mobilizada para resolver “o quanto antes esta situação”.

Segundo informações do diretor “o boato” foi divulgado nas redes sociais de forma premeditada, para causar terror na comunidade “Ao que tudo indica foi algo divulgado previamente nas redes sociais, com alguns combinados de grupos para causar pânico e disseminar certa insegurança na comunidade, infelizmente” concluiu o diretor Rodrigo Bertacini. 

As atividades no Colégio Auxiliadora seguem com as aulas normais, nesta quarta-feira (25).

Ação da Polícia Militar

O comandante da PM em Campos Novos Capitão Francisco das Chagas de Paiva Melo Filho, informou que polícia deverá intensificar as rondas nas escolas de Campos Novos.

Como forma de prevenção “foi desenhado um plano de fiscalização com maior intensidade nas escolas de Campos Novos e estamos em alerta para qualquer eventualidade que possa ocorrer. Foi escalado um efetivo somente para este serviço.” explicou o Capitão.

Fonte:

Simpatia FM

Notícias relacionadas