Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão contra motorista que causou acidente com três mortes em Joaçaba

O autor já havia sido julgado e condenado a mais de 8 anos de prisão.

, 10.681 visualizações
O autor no dia do acidente. (Fotos: Arquivo Portal Éder Luiz)
O autor no dia do acidente. (Fotos: Arquivo Portal Éder Luiz)

A Polícia Civil cumpriu na manhã desta quinta-feira, 07, em Joaçaba, um Mandado de Prisão expedido pelo poder judiciário contra um homem que causou um acidente de trânsito com três mortes, em setembro de 2012, na BR-282, em Joaçaba.

Vanderlei Chaves foi julgado no ano passado e condenado a 8 anos e 9 meses de reclusão. Após o caso transitar em julgado, a justiça determinou a prisão dele, cumprida por policias civis de Joaçaba.

A informação sobre a prisão foi confirmada pelo Delegado Regional André Cembranelli. "A prisão ocorreu enquanto ele trabalhava. É um crime que na época gerou muita repercussão e é interessante para a sociedade dar o retorno de um crime tão grave".

Após a prisão, Vanderlei foi levado ao presídio de Joaçaba, onde cumprirá a pena estabelecida.

O caso

Vanderlei Chaves foi julgado pelo homicídio de Adriana Tobias, Janice Stecanela e Marco Antônio Trindade, e por causar lesões corporais em Letícia Aparecida Alves, todos eram moradores de Ponte Serrada e estavam no mesmo veículo, quando sofreram o acidente no dia 7 de setembro de 2012.

A batida foi entre um Focus, placas de Herval d´Oeste, um caminhão, placas de Ouro, e um Golf, de Ponte Serrada, onde estavam as vítimas tais e a que sobreviveu.

O acidente aconteceu por volta das 15h30 nas proximidades da Copérdia. Segundo testemunhas, o Focus fazia ziguezague na pista e atingiu o Golf, que tentava ultrapassar na terceira faixa. Com a batida o Golf foi jogado para a outra pista e foi colhido pelo caminhão. Morreram na hora: Adriana Tobias e Janice Stecanela. Foi socorrido com vida, mas morreu no hospital, Marco Antônio Trindade, que dirigia o Golf.

Apenas uma pessoa que estava no Golf sobreviveu, Letícia aparecida Alves. Ela chegou a ficar internada na UTI do Hospital Universitário Santa Terezinha, mas se recuperou.

Duas das vítimas fatais, Marco e Janice, eram casados e empresários atuantes e conhecidos em Ponte Serrada. Eles estiveram em Joaçaba na companhia de parentes na sexta e voltavam para casa quando o acidente aconteceu.

O motorista do Focus, de Herval d’Oeste, Vanderlei Chaves, na época com 42 anos, foi levado ao hospital e depois liberado. No caminhão estava o motorista Roberto Carlos Moresco, , que não se feriu.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas