Professora vítima de acidente em Joaçaba está fora da UTI

Vivian Baruffi terá ainda que passar por uma cirurgia.

, 4.584 visualizações
Um dia após o acidente o local recebeu pintura provisória e foram colocados cones
Um dia após o acidente o local recebeu pintura provisória e foram colocados cones

O acidente que levou a professora Vivian Barufi para a UTI do Hospital Universitário Santa Terezinha completa uma semana nesta quarta-feira, 03. Ela sofreu uma queda da motocicleta que pilotava ao passar por uma lombada que foi implantada, mas não recebeu sinalização terrestre no bairro Jardim Cidade Alta, em Joaçaba.

Familiares relataram ao Portal Éder Luiz que ela deixou a UTI no começo da semana. Um coágulo no cérebro, causado pela pancada, era o motivo maior de preocupação. Com a situação estabilizada, Vivian espera agora por uma cirurgia na clavícula, fraturada também no acidente.

"Graças a Deus não ficou nenhuma sequela. Todas as funções estão normais. Só a mão e o pé esquerdo é que tem lesões que temos que ver como será a recuperação", informou o padrasto de Viviani, Pedro Humenhuk Filho.

A professora agora enfrenta mais do que a dor dos ferimentos causados pelo acidente. Mãe de duas meninas, ela também sofre com a saudade das filhas.

"Ela ainda está sem previsão de alta. Mas, o que mais está difícil para ela é ficar sem poder ver as duas filhinhas, uma de 8 meses e outra de 6 anos", revelou Pedro.

A família informou também que após uma semana nenhum representante da prefeitura entrou em contato para saber o estado de saúde ou para oferecer auxílio a professora. Eles não descartam medidas judiciais contra a administração.

Acidente e providências

local onde o acidente aconteceu, com a placa que está há anos instalada.
local onde o acidente aconteceu, com a placa que está há anos instalada.

A falta de sinalização que alertasse os usuários gerou uma onde de críticas contra a administração. Elas vieram após a divulgação da reportagem mostrando o acidente envolvendo a professora Vivian Baruffi, que na noite da quarta caiu com sua motocicleta após não perceber uma lombada instalada no período da tarde, em um ponto onde havia uma placa indicando a lombada há dois anos, mas sem o obstáculo.

Um dia após o acidente, lombadas e faixas elevadas que haviam sido recém instaladas nos bairros receberam sinalização provisória, para não pegar ninguém de surpresa.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas