Profissionais de saúde da região de Joaçaba realizam plantão voluntário em hospital no RS

Além do trabalho voluntário, o grupo levou uma grande quantidade de materiais de higiene, fraldas e medicamentos.

, 3.321 visualizações
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No sábado e domingo (10 e 11), um grupo de 21 profissionais, entre técnicos em Enfermagem, enfermeiros e fisioterapeutas que atuam no Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) e em outras unidades de saúde de Joaçaba e região, realizaram um plantão no Hospital Nossa Senhora das Graças, na cidade de Canoas, Rio Grande do Sul. Além do trabalho voluntário, o grupo levou consigo uma grande quantidade de materiais de higiene, fraldas e medicamentos que foram arrecadados.

Os profissionais saíram de Joaçaba na noite de sexta-feira (9), em um ônibus que foi custeado pela Unoesc. O plantão teve início às 7h do sábado (11) e durou 36 horas.

"A ideia partiu de nossas enfermeiras Mayara e Geridiana, que mobilizaram os profissionais por meio das redes sociais. O trajeto da viagem foi marcado por muita chuva, seguida do encontro de um cenário desolador. O nível da água seguia subindo, agravando ainda mais a situação - contou a gerente de Enfermagem do HUST, Daniela Auler De Oliveira.

Daniela comenta ainda que o número de atendimentos no local é expressivo, visto que além da demanda pertencente à Unidade, o Hospital Nossa Senhora das Graças também está recebendo pacientes do Hospital Universitário (HU) e conta com Hospital de Campanha do Exército.

"Além das patologias físicas que chegaram na emergência, percebemos um número elevado de atendimentos relacionados a pacientes em surto, pânico, negação, ou seja, fortemente abalados psicologicamente. Outro ponto de destaque diz respeito aos próprios profissionais que atuam na unidade, muitos perderam as casas e seguem trabalhando e descansando em casas de apoio por não ter para onde ir", completou Daniela.

Uma outra escala para um novo plantão no fim de semana de 18 e 19 de maio está sendo organizada e novos profissionais voluntários serão bem-vindos.

"É gratificante saber que pudemos contribuir com o nosso trabalho. Mas, ainda há muito o que fazer lá. O povo do Rio Grande precisa de ajuda e por isso continuaremos nos mobilizando para, mesmo que de forma singela, possamos ajudar a cuidar dessas pessoas que tanto estão sofrendo", finalizou a enfermeira.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fonte:

Assessoria de Comunicação

Notícias relacionadas