Proprietária de um dos veículos roubado pelos bandidos após tentativa de assalto a carro-forte em Videira revela como aconteceu a ação

Ninguém ficou ferido durante ação.

, 15.325 visualizações
Quem visualizar esse veículo, informar imediatamente ao 190
Quem visualizar esse veículo, informar imediatamente ao 190

Após a tentativa frustrada de assalto a carro-forte na SC-355, próximo a ponte do Oásis Parque das Águas entre Fraiburgo e Videira, os criminosos roubaram dois veículos em uma comunidade do interior próximo à divisa de Tangará e Fraiburgo, um Fiat Pálio placa MKJ-7755, e um gol branco placa AYE4180, que pertencem à mesma família.

A proprietária do pálio que foi roubado, Kari Zanivan Vaz, relatou em entrevista a Rádio Videira, que não estava em casa no momento em que houve a ação dos criminosos, apenas a sua sogra e seus sobrinhos estavam na residência no momento do furto. “Eles roubaram o meu carro e o carro do meu cunhado, nós moramos em duas casas diferentes, mas que estão dentro da mesma propriedade. Eles chegaram na casa do meu cunhado, e abordaram a minha sogra, pedindo que ela desse a chave do gol que estava na frente de casa. Eles disseram que não queriam fazer mal a ninguém, só queriam fugir”, conta.

A abordagem na residência foi feita por em torno de dez homens, todos estavam encapuzados, com as camisas cobrindo o rosto. Um deles apresentava ferimentos no rosto e estava sangrando no momento do roubo dos veículos.

“Os bandidos localizaram a chave que estava na ignição do próprio veículo e entraram dentro do carro para continuar a fuga. Eram em torno de dez homens, todos eles entraram dentro do gol e saíram em direção a estrada principal, foi quando eles viram o meu pálio estacionado na garagem de casa. Eles arrebentaram a porta da minha casa, pegaram a chave do carro e saíram em fuga em direção a Santa Bárbara. Eu estava no me serviço quando vi os carros passarem com aqueles homens dentro. Só dava para enxergar os olhos deles pois as camisas cobriam o rosto. Na hora já caiu a ficha que haviam assaltado nossa casa, sai do trabalho e minha sogra relatou o que havia acontecido”.

Os criminosos seguem foragidos até o momento, e a polícia permanece com o cerco armado em busca de novas informações.


Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas