Publicidade tem mais efeito em sites confiáveis de notícias, diz pesquisa

Aliar sua marca a um portal com Credibilidade garante mais resultados!

, 136 visualizações
Publicidade tem mais efeito em sites confiáveis de notícias, diz pesquisa

Um estudo do World Media Group (WMG) aponta que os anúncios vistos em sites confiáveis de notícias têm resultados bem melhores do que o padrão da indústria digital global. Segundo a pesquisa, a visibilidade dos anúncios é quase um terço maior em portais de notícias do que a comparada com outros sites.

A pesquisa foi produzida pela Moat Analytics no terceiro trimestre de 2018 e divulgada neste mês. A análise mediu a qualidade do envolvimento do público com os sites das empresas que fazem parte do WMG em computadores e celulares (como os portais Bloomberg, The Economist, Forbes, Fortune, Reuters e The Wall Street Jornal, entre outros)

Anuncia no Portal Éder Luiz - Clique Aqui!

A Moat revelou que a taxa de visualização (quando 50% de um anúncio é visível por pelo menos um segundo) foi de 67% para anúncios gráficos veiculados em sites da WMG. O número é 32% superior ao padrão da indústria digital.

Segundo a consultoria, os sites confiáveis também registraram taxas mais altas de permanência: em dispositivos móveis, a permanência foi 13% maior. Nos computadores, a taxa de permanência foi 39% maior, sempre em comparação com a média do setor.

"O impacto do jornalismo de baixa qualidade e de notícias falsas, nos últimos dois anos, tornou os consumidores muito mais experientes sobre onde procurar informações confiáveis", disse Alex Delamain, presidente do World Media Group.

"A análise ressalta um aspecto que acreditamos há tempos: os consumidores são mais receptivos à publicidade quando apresentados em um ambiente de conteúdo de alta qualidade", declarou o executivo.

Fonte:

UOL

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas