Situação caótica: Temporal causa transtornos e estragos em Capinzal e Ouro (imagens)

Ruas centrais de Capinzal foram tomadas pela água.

, 4.601 visualizações
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM

Um intenso temporal atingiu Capinzal, Ouro e cidades vizinhas durante a madrugada desta quinta-feira (16), resultando em danos e transtornos. Quedas de barreiras e árvores bloquearam estradas e danificaram propriedades, enquanto ventos fortes arrancaram telhados de residências, estabelecimentos comerciais e prédios públicos, gerando um cenário preocupante.

No Loteamento Parizotto, o Centro Social Arlindo Alves da Silveira, ao lado da Escola Municipal Dr. Vilson Pedro Kleinubing, foi atingido, com uma parte de sua cobertura arrancada pela intensidade dos ventos, sendo lançada em terrenos e residências próximas. Apesar do susto, ninguém se feriu. 

Além disso, várias residências também foram parcialmente destelhadas no loteamento, acompanhadas por danos aos cabos da rede elétrica e de telefonia. Um dos mais graves foi na Rua Fiorindo Lusivon, onde o telhado de uma moradia foi arrancado pelo vento.

Maria Antonia, 25 anos, estava em sua casa quando uma forte rajada de vento, por volta das 5 horas, arrancou o telhado. Sua prioridade foi proteger seu filho de 2 anos, e por sorte, a estrutura não caiu, sendo levada pelo vento. No entanto, a dificuldade de abrir a porta para sair do local foi um desafio.

A família perdeu todos os pertences que estavam na casa. O marido de Maria estava trabalhando no momento do incidente. Equipes da Defesa Civil, Secretarias de Infraestrutura e Celesc estão envolvidas para prestar assistência às famílias afetadas. Um levantamento completo dos estragos deverá ser divulgado nas próximas horas.


Enchente

O intenso volume de chuvas gerou novos transtornos no centro da cidade com o transbordamento do Rio Capinzal durante a manhã desta quinta-feira (16).

A situação resultou na interdição da passagem de veículos na Rua Presidente Nereu Ramos, no cruzamento com a Luiz Dorini. Problemas também na Dona Maria Angélica Almeida e Dom Vicente Gramázio, onde alguns estabelecimentos comerciais tiveram que remover seus pertences. O estacionamento de um mercado foi invadido pelas águas.

Por medida preventiva, a Defesa Civil optou por interditar a passagem pela Avenida José Leonardo Santos, conhecida como antiga Estrada Velha, que faz a ligação entre o centro de Capinzal e a região da Cidade Alta. Motoristas estão sendo orientados a utilizar a rota alternativa pela Serra, visando evitar áreas afetadas pelo transbordamento e garantir a segurança durante a locomoção.

Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM
Foto: Capinzal FM

Fonte:

Capinzal FM

Notícias relacionadas