Três receitas de farofa para inspirar um menu criativo em casa

Prato originalmente criado no Brasil, essa receita do período colonial acompanha quase todos os pedidos da nossa culinária.

, 224 visualizações
Três receitas de farofa para inspirar um menu criativo em casa

A Farofa é um prato típico do Brasil e tem a sua origem no período colonial. Ela é feita de farinha de mandioca e geralmente é servida com arroz, carne, churrasco e com a famosa feijoada brasileira. Os brasileiros gostam de comê-la quase todos os dias! 

A origem dessa receita está no período colonial, quando a farofa se espalhou por todo Brasil ganhando elementos das cozinhas regionais. Na Bahia, por exemplo, é feita com dendê. Em Goiás, é a banha de porco que faz sucesso.

O termo farofa vem do dialeto africano quimbundo e era pronunciado como “falofa”. Ela geralmente é elaborada com a farinha de mandioca ou farinha de milho escaldadas ou torradas, depois passadas na gordura ou na manteiga, nas quais podem ser acrescentados inúmeros outros ingredientes, tais como: bacon torrado, linguiça frita, ovo, carne, tofu, ou outros alimentos de origem vegetal.

Serve de acompanhamento aos assados de carne, ave ou peixe. Por ter e ser um alimento de baixo custo e fácil de preparar, é muito comum entre os trabalhadores. Farofa pode ser encontrada em pacotes industrializados, mas também é muito preparada em casa, seguindo receitas familiares que variam com a região do país. É frequente também como recheio nos assados de aves e peixes, como a popular Tainha com Farofa de Camarão de Santa Catarina.

Ficar em casa tem se tornado a rotina de muitas pessoas nos últimos tempos. Para inspirar os consumidores, a Yoki compartilhou três receitas, mostrando como fica gostoso juntar a verdadeira farofa da marca com diferentes acompanhamentos.

Confira! 

TAINHA RECHEADA COM FAROFA DE CAMARÃO

Ingredienes

- 1 Tainha limpa (cerca de 1,5kg)

- 2 colheres (sopa) de suco de limão (30ml)

- 1 colher (sopa) de azeite (15ml)

- sal e pimenta do reino a gosto

- ½ xícara (chá) de água (120ml)

- 1 ½ colher (sopa) de óleo (22,5ml)

- 1 cebola pequena picada (60g)

- 250g de camarões pequenos sem casca e limpos

- ¼ xícara (chá) de cheiro verde picado (30g)

- 1 xícara (chá) de Farofa Tradicional Yoki (100g)

- 2 colheres (sopa) de azeitonas pretas picadas (25g)

- sal a gosto

Modo de preparo

Coloque a Tainha numa assadeira e tempere com uma mistura feita com o suco de limão, o azeite, o sal e a pimenta. Com ajuda de um garfo, faça furinhos na parte interna do peixe, para que o tempero penetre. Cubra com filme plástico. Deixe na geladeira pegando gosto por 1 hora. Numa frigideira média aqueça o óleo e refogue a cebola até ficar macia. Acrescente os camarões e cozinhe somente até ficarem rosados, mexendo de vez em quando. Acrescente o cheiro verde. Junte a Farofa Tradicional Yoki e as azeitonas, tempere com o sal e cozinhe até os ingredientes ficarem bem envolvidos. Tire do fogo. Preaqueça o forno em temperatura média (180°C). Numa assadeira grande, coloque o peixe. Antes de rechear, distribua no seu interior, todo o tempero que ficou na assadeira. Recheie o peixe com a farofa. Feche o peixe espetando na pele palitos de dente para unir as duas extremidades. Coloque os palitos paralelos a uma distância de 2cm para que o recheio não saia. Acrescente metade da água na assadeira e leve ao forno. Asse por cerca de 50 minutos ou até o peixe ficar cozido e ainda úmido (na metade do cozimento acrescente o restante da água).

Dicas

1. Para saber se o peixe assado está no ponto, basta enfiar um garfo, se a carne se separa com facilidade da espinha, ele já pode ser retirado do forno.

2. Aproveite o molho que fica na assadeira e prepare uma farofa. Acrescente 1 xícara (chá) de água na assadeira. Leve ao fogo e cozinhe mexendo e raspando o fundo da assadeira até obter um molhinho. Acrescente meia xícara (chá) de Farofa Tradicional Yoki e meia colher (sopa) de coentro picado (2,5g). 

FAROFA DE COUVE

Ingredientes

- 2 colheres (sopa) de manteiga ou oleo (30ml)

- 2 dentes de alho amassados (4g)

- 1 maço de couve lavado (sem o talo) cortado em tirinhas (cerca de 300g)

- sal a gosto

- 2 xícaras (chá) de Farofa Tradicional Yoki (200g)

Modo de preparo

Aqueça o óleo em uma frigideira grande. Refogue o alho até começar a dourar. Junte a couve e refogue até murchar. Tempere com o sal. Acrescente a Farofa Tradicional Yoki. Misture. Acerte o sal e sirva.

Dicas

1. Para cortar a couve bem fina: retire a parte central de cada folha e enrole-a bem apertada como um charuto. Corte com uma faca afiada.

2. Não use as couves que têm pintinhas amarelas ou que estejam completamente amareladas. Mas se estiverem verdes, porém um pouco murchas, deixe as com os cabos mergulhados dentro de água fria por mais ou menos meia hora. Ela ficará novamente fresquinha, como se tivesse sido apanhada na hora.

Variação

Acrescente ovos mexidos à farofa.

FAROFA DE FRANGO COM PEQUI

Ingredientes

- 1 peito de frango (340g)

- 1 coxa de frango sem pele (120g)

- 1 sobrecoxa de frango sem pele (180g)

- sal a gosto

- pimenta do reino a gosto

- 2 dentes de alho amassados (4g)

- ½ xícara (chá) de óleo (120ml)

- 1 cebola pequena picada (60g)

- 4 xícaras (chá) de água quente (cerca de 1l)

- 4 pequis com caroço em conserva (160g) ou ½ xícara (chá) de pequi fatiado em conserva (60g)

- pimenta de cheiro a gosto

- ½ pacote de Farofa Tradicional Yoki (250g)

- ¼ xícara (chá) de cebolinha picada (10g)

Modo de preparo 

Corte o frango em pedaços pequenos. Tempere com o sal, a pimenta do reino e metade do alho. Reserve. Numa panela grande, aqueça o óleo e refogue a cebola até dourar. Acrescente o restante do alho e os pedaços de frango. Refogue até o frango dourar (cerca de 15 minutos). Adicione a água e as fatias de pequi. Cozinhe em fogo brando, panela tampada até o frango ficar cozido e macio (cerca de 30 minutos). Acerte o sal, se necessário. Desfie o frango e elimine os ossos. Acrescente a pimenta de cheiro. Junte a Farofa Tradicional Yoki. Misture. Junte a cebolinha e sirva.

Dica

Você pode encontrar o Pequi em Conserva em Mercados Municipais ou casas de produtos típicos. 

Notícias relacionadas

Beterraba: benefícios, como consumir e receita fácil

Beterraba: benefícios, como consumir e receita fácil

A raiz auxilia nos treinos, previne doenças e ajuda no controle do colesterol, mas deve ser consumida com moderação.

Hoje é Dia do Malbec, abra uma garrafa e brinde!

Hoje é Dia do Malbec, abra uma garrafa e brinde!

Confira sete rótulos muito bons que você pode adquirir pela internet, com preços entre R$ 68 e R$ 655.

Receita da avó de Sabrina Sato: Bolo de Castanhas e Nozes!

Receita da avó de Sabrina Sato: Bolo de Castanhas e Nozes!

Conheça o bolo feito pela doceira Kika Sato, mãe da apresentadora, ensinado pela vovó dela, e o preferido da família.

Receitas para um Happy Hour em casa

Receitas para um Happy Hour em casa

Veja aqui como preparar três drinks fáceis e rápidos para curtir no fim da tarde com a família.

Confira sugestão de lanche para a família

Confira sugestão de lanche para a família

A Yorgus preparou opções saudáveis para se fazer nesse período em que estamos em casa.