Unoesc e Receita Federal firmam convênio para aproveitamento de produtos apreendidos que seriam destruídos

A assinatura, que firmou a parceria, aconteceu na Reitoria e reuniu representantes da Universidade e da RFB.

, 430 visualizações
Unoesc e Receita Federal firmam convênio para aproveitamento de produtos apreendidos que seriam destruídos

Na tarde de terça-feira (1º de novembro), a Unoesc e a Receita Federal do Brasil (RFB), por meio da Delegacia de Joaçaba, firmaram um convênio de cooperação para a desmaterialização de bebidas alcoólicas e cigarros apreendidos, transformando-os em subprodutos que serão doados para instituições sem fins lucrativos. A assinatura, que firmou a parceria, aconteceu na Reitoria e reuniu representantes da Universidade e da RFB.

O convênio terá duração de três anos e envolverá acadêmicos e professores de grupos de pesquisa dos cinco campi da Unoesc. As bebidas alcoólicas serão transformadas em álcool em gel, etílico e geleia de vinho, produto este, até então, inédito nesse tipo de processo. O cigarro será transformado em compostagem, fertilizante e inseticida. Já as embalagens de vidro e plástico terão como destino a construção civil. Serão beneficiadas entidades sem fins lucrativos que prestam serviços à comunidade.

— Cigarros e bebidas alcoólicas são produtos que, ao contrário de outros tipos de mercadorias, não podem ser doados, nem alienados em leilão. O único destino é a destruição. Diante disso, essa parceria auxilia a Receita Federal em sua gestão logística, uma vez que, diariamente, temos uma grande entrada de produtos apreendidos em toda a região Oeste — explicou o Delegado da Receita Federal de Joaçaba, Mauro Batista Neto.

Antes da formalização do convênio, um projeto-piloto foi desenvolvido ao longo do último ano, demonstrando a viabilidade da desmaterialização dos produtos. Com a parceria firmada, a Universidade receberá um montante de mais de 500 garrafas de bebidas e mais de seis mil maços de cigarros mensalmente.

— Esse convênio qualifica a Universidade e permite que nossos acadêmicos aperfeiçoem pesquisas, podendo contribuir com a comunidade em que está inserida. Seguimos abertos a outras parcerias com a Receita Federal — afirmou o reitor da Unoesc, Professor Aristides Cimadon.

 

Fonte:

Alessandra de Barros/Ascom

Notícias relacionadas

Alunos de Joaçaba participam de evento na primeira quadra de padel na areia de Santa Catarina

Alunos de Joaçaba participam de evento na primeira quadra de padel na areia de Santa Catarina

Celebrando a Inovação e Inclusão, o Professor Marlon Igor e Seu Projeto de Padel na Apae de Joaçaba estiveram em Balneário Camboriú.

Megafeirão do Desenrola Brasil oferece desconto de até 96 % em dívidas

Megafeirão do Desenrola Brasil oferece desconto de até 96 % em dívidas

550 milhões de ofertas estão disponíveis para o público inadimplente que deseja sair da lista de restrições de crédito.

HUST promove reunião com secretários de Saúde da Macrorregião do Meio-Oeste

HUST promove reunião com secretários de Saúde da Macrorregião do Meio-Oeste

Um dos objetivos do encontro foi compartilhar os números da produção hospitalar e os projetos existentes e em andamento.

 HUST e Unoesc entregam certificados do Programa de Residência Médica

HUST e Unoesc entregam certificados do Programa de Residência Médica

O acesso ao programa se dá através de concurso público anual. O período de duração é de dois anos.