Vídeo de cobra que teria sido avistada no Rio do Tigre apavora internautas

Portal Éder Luiz apurou a veracidade do fato.

, 36.062 visualizações

Um vídeo que circula em redes sociais deixou muitos moradores de Joaçaba apavorados.

As imagens mostram uma cobra enorme dentro de um riacho. O que causou alvoroço e apreensão é que a descrição nos grupos de Whatsapp é de que teria sido gravado em Joaçaba, mais precisamente no Rio do Tigre, na Vila Pedrini.

Depois de receber várias vezes as imagens resolvemos averiguar a veracidadedo do fato.

Nosso primeiro contato foi com a Polícia Militar Ambiental, para saber se houve algum registro da aparição. A resposta foi negativa.

Procuramos também ouvir biólogos sobre a possibilidade de um animal deste porte habitar um rio da região, já que não parece nativo daqui.

Ao analisar as imagens os especialistas concluíram que pode ser a espécie Eunectes Murinus, conhecida popularmente como sucuri. O vídeo está meio escuro, e uma das características para definir a espécie é a cor, por isso a incerteza.

A espécie de sucuri nativa mais ao Sul do Brasil é Eunectes Notaeus, que ocorre no Pantanal. Provavelmente, o que os biológos chamam de filtros ambientais, impedem que a espécie ocorra naturalmente aqui e se estabeleça como invasora. De forma geral, esses filtros podem ser climáticos (temperatura e precipitação), ecológicos (tipo de vegetação, alimentação...), ou físicos (topografia, hidrologia).

A sucuri é agil em deslocamento por água, mas não por solo. Ela teria que vir nadando para o Sul, o que é praticamente impossível.

Se o vídeo realmente fosse de Joaçaba, ela teria que ser introduzida de forma ilegal.

Por fim, em nenhum momento do vídeo a pessoa que filma cita o local da gravação, o que indica que pode ser usado em vários locais, só mudando o nome da cidade e rio.

Por isso é pouco provável que a cobra habite mesmo o Rio do Tigre.

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas