Violência doméstica persiste em Campos Novos e região: Mulheres sob ameaça

Denunciar o agressor é um passo importante para reduzir os casos de violência.

, 484 visualizações
Violência doméstica persiste em Campos Novos e região: Mulheres sob ameaça
Imagens: Agência Brasil

Campanhas, movimentos e bandeiras são levantados em defesa da mulher, contudo, a violência contra pessoas do sexo feminino continua ocorrendo em Campos Novos e região. Os registros da Polícia Militar revelam uma série de relatos de ameaças e maus-tratos contra a mulher.

Em Campos Novos, somente no dia 11 de maio, foram registrados dois casos de ameaças, ambos sem que o autor fosse localizado.No primeiro caso, ocorrido por volta das 11h00min, uma mulher de 33 anos foi ameaçada pelo ex-companheiro na Rua Francisco Danilo Valenti, no Bairro Senhor Bom Jesus. O autor não foi encontrado. Pouco depois, às 13h40min, uma mulher de 21 anos, residente no Loteamento Corujão, no Bairro Boa Vista, foi vítima de ameaças por parte do ex-marido. Novamente, o agressor não foi localizado.

Em Vargem, município próximo a Campos Novos, também houve registro de violência contra a mulher no mesmo dia e horário, onde mais uma mulher foi ameaçada pelo ex-companheiro.

Esses incidentes refletem uma triste realidade persistente na sociedade, onde mulheres continuam sendo alvo de violência doméstica. As autoridades solicitam que todas as mulheres que sofrerem algum tipo de violência devem denunciar o agressor.

O que se configura como violência doméstica?

De acordo com o art. 5º da Lei Maria da Penha, violência doméstica e familiar contra a mulher é “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”.

Notícias relacionadas