Ferrovia do Contestado - A História!

Conheça os capítulos marcantes da história da Ferrovia do Contestado.

, 437 visualizações
Ferrovia do Contestado - A História!

Nossa região foi palco de uma batalha sangrenta, a Guerra do Contestado, que teve em parte seu estopim por conta da Ferrovia.

A indefinição dos limites territoriais entre Santa Catarina e Paraná vinha desde o Império, e até a Argentina pleiteava a posse de áreas dos dois estados. O Supremo Tribunal Federal deu ganho de causa aos catarinenses em 1904 e reafirmou sua decisão nos anos seguintes, mas a sentença era ignorada pelo governo paranaense. Nesse cenário de conflito, a revolta prosperou.

Havia na região seguidores do monge José Maria, muitos eram posseiros, sitiantes e pequenos lavradores que haviam sido expulsos das terras em que viviam pelo grupo americano responsável pela construção da Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande, do megaempresário Percival Farquhar. Além da concessão, Farquhar ganhou do governo brasileiro as terras situadas às margens da ferrovia, uma vasta faixa de 15 quilômetros de cada lado.

Somaram-se aos revoltoso colonos expulsos, fazendeiros que se opunham aos coronéis, tropeiros sem trabalho até ex-combatentes da Revolução Federalista (1893–1895), que tinham experiência com armas e contestavam a República.

A luta foi longa, com início em outubro de 1912 e término em agosto de 1916. Entre os camponeses revoltados, o messianismo e o fanatismo religioso favoreceram a crença de que se tratava de uma guerra santa, o que exacerbou os ânimos para a luta, na qual cerca de 8 000 deles pereceram.

Este projeto de resgatar a história e projetar o futuro da Ferrovia do Contestado é uma iniciativa da Associação dos Engenheiros Civis do Meio Oeste Catarinense (Aencimoc), com a produção do Portal Éder Luiz e patrocínio do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina - Crea-Sc.

Acompanhe as Lives!

História e fatos marcantes - dia 14 de julho, quarta-feira, ás 20h, nos canais do Portal Éder Luiz no Facebook e Youtube

Ferrovia do Contestado - O que fazer com este Patrimônio - dia 28 de julho, quarta-feira, às 20h, nos canais do Portal Éder Luiz no Facebook e Youtube

Participe, envie fotos e sugestões para o projeto - [email protected] e (49) 9 8851-5151

#ederluiznoticias #ferroviadocontestado

Leia mais!

Ferrovia do Contestado - O que fazer com este patrimônio?

Ferrovia do Contestado - O início!

Fonte:

Com informações da Agência Senado e Wikipédia

Comentários

O Portal Éder Luiz se exime de qualquer responsabilidade por comentários postados por seus leitores. Os comentários não representam a opinião do Portal e toda responsabilidade está a cargo de quem os postar.

Notícias relacionadas